Executivos do Grupo Tereos recebem políticos e forncedores para

Executivos do Grupo Tereos recebem políticos e fornecedores para o encerramento da safra 2016/17. (Fotos: Divulgação)

A Tereos, através da Guarani, encerrou a safra 2016/17 em todas as suas sete unidades industriais e, para marcar o final do ciclo, promoveu, na semana passada, a tradicional reunião de final de safra, ocasião em que recebe seus fornecedores para apresentação do balanço, investimentos e perspectivas. 

A companhia, considerada uma das mais importantes do setor sucroenergético brasileiro, moeu durante esta safra 19,8 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, sendo 8,5 milhões de toneladas cana própria e 11,3 milhões de fornecedores.

A produção de açúcar totalizou 1.6 toneladas. Já a produção acumulada de etanol ficou em 640 mil m³ e a energia cogerada deverá atingir 1030 GWh.

“Enceramos a safra 2016/2017 com resultados positivos, com um volume de cana processada superior ao do ano passado. Investimos forte em uma entressafra consistente, assim como na renovação dos canaviais e implantação de novas tecnologias para garantir o aumento de produtividade e estamos colhendo os resultados, destacou ao blog Pierre Santoul, presidente da Guarani.

Para Jacyr Costa, Diretor Região Brasil da Tereos, setor sucroenergético vive um momento bastante positivo diante do mercado favorável de açúcar. “Nossas perspectivas para 2017 são ainda mais propícias ao etanol em face dos compromissos assumidos pelo Brasil na Cop 21, em Paris, e ratificados junto à ONU”, pontuou.

Prefeito eleito de Rio Preto, Edinho Araújo (PMDB), cumprimenta Jacyr Costa,

Prefeito eleito de Rio Preto, Edinho Araújo (PMDB), cumprimenta Jacyr Costa, Diretor Região Brasil da Tereos.