Rio Preto Shopping

#RomanceRelâmpago: Bárbara Evans e Fabrício Assunção terminam o namoro, apagam fotos no Instagram e colocam a culpa na ‘distância’. Relembre como tudo começou…

Publicado dia 22 de julho de 2015 às 13:11. Última atualização: 22 de julho de 2015 às 15:57. 1 comentário.


Perceba: namoro é igual pirulito, começa no doce e acaba no palito. No caso de Bárbara Evans e Fabrício Assunção, começou no Leblon, no Rio de Janeiro, e acabou no Recinto de Exposições, em Rio Preto. Ô vida…

Sim, os ‘pombinhos’ terminaram o curto romance de dois meses, que teve início com a foto abaixo – publicada no Instagram – e devidamente acompanhada do comentário fofo de Bá. Relembrar é viver:

É, parece que só 'protegeu' por dois meses... (Foto: Reprodução)

É, parece que só ‘protegeu’ por dois meses… (Fotos: Reprodução/Instagram)

Depois desta imagem, outras dúzias temperaram o namoro, que geral acompanhou via redes sociais. Sobretudo os rio-pretenses, que não tiraram o olho do aplicativo durante o período em que Fafá e Baby permaneceram juntos, como se estivessem nascido num berço esplêndido dentro do reality “A Fazenda”, feitos um para o outro.

Na sequência do romance, uma outra foto publicada durante a comemoração do bday de Bárbara, no Copacabana Palace, fertilizou o que todos já sabiam: o casal era realmente um “casal”. A partir daí, Fabrício começava a consumir cinco, dos quinze minutos de fama previstos a todo mortal comum.

Fafá e Baby no Copa, durante o bday da moça: a vela apagou...

Fafá e Baby no Copa, durante o bday da moça: a vela do amor apagou…

E a fama do rio-pretense foi da Barra ao Leblon, no Rio, e da Avenida Andaló ao Bar do Pitú, em Rio Preto. Só se falava no tal empresário que “tarra pegando a ‘fia’ da Monique Evans”. Uma comoção só comparada ao romance de Berenice Du Lar com o mototaxista Joersu.

Verdades Secretas

Mas Fafá também degustaria o sabor amargo que os famosos provam quando são submetidos à bacia das almas da fama. Um post publicado pelo colunista Leo Dias, do jornal carioca “O Dia”, devassaria a vida do rio-pretense, trazendo à tona seu modus vivendi de aristogato milionário. Sobre o tal post, que insinuava mais bobagens do que fatos, esta Coluna se solidarizou e saiu em defesa de Fabrício (recorde-o aqui).

Nesse meio tempo, todo o tipo de comentário e especulação sobre o namoro foi feito, publicado e compartilhado na Rede de Notícias WhatsApp. Muita gente apostava que o romance não duraria, outros diziam que Bárbara era um “porre”, “mimada” e “egocêntrica”. Da parte dos amigos de Fafá, só se ouvia uma coisa: a maioria torcia para que o rapaz voltasse o mais breve possível às ‘peladas’ do Esporte Clube Boa Vida. Hashtag ciúmes.

Segura, peoa!

Corta para o Rodeo Country Bulls, evento que terminou no último domingo (19), e que serviu como tes-drive definitivo para o casal segurar o touro à unha ou cair do cavalo (só para usar duas expressões muito comuns nos Alpes Canavieiros). Deu a segunda opção. E o povo que apostava na condição de #RomanceRelâmpago do casal, gabaritou no Enem do recalque.

Não que o RCB tenha contribuído para o the end, peralá! Mas foi durante as noites de rodeio em que a sensação de que algo estava errado ficou mais evidente entre Bárbara e Fabrício. Em muitos momentos, a fofinha se mostrou entediada e circulou com cara de poucos amigos, enquanto Fafá seguia sorrindo e faceiro.

As selfies do casal, postadas à exaustão, também diminuíram durante o evento, contribuindo com o babalaô de que o namoro escoava pelo ralo do tédio. Ou seria dos ciúmes? Não foram poucas as vezes que esta Coluna ouviu dizer que Bárbara “morria de ciúmes” de Fafá.

Última selfie feita para o Snapchat, durante o RCB: chateada...

Última selfie feita para o Snapchat, durante o RCB: chateada…

E tudo acaba em pizza…

Nessa  toada, a última foto postada pela moça no Instagram, justamente na derradeira noite de domingo, mostra uma Bárbara Evans chateada, comendo pizza com a mesma “cara de poucos amigos”. Antes de voltar para o Rio, segundo fontes do blog, Bárbara teria ainda procurado um quarto de hotel para ela e Pelota, seu cãozinho de estimação.

Nenhum estabelecimento do gênero, entretanto,  teria concordado em aceitar o hóspede canino, fazendo com que Bárbara pernoitasse em casa de família recém-conhecida em Rio Preto.  Na manhã de segunda-feira (20), quando chegou ao Rio e o fim do namoro veio à tona, a filha de Monique protocolou o calibre do seu gênio: apagou todas as fotos do casal no Instagram, deixando orfão um cardume de fãs rio-pretenses (horas depois, Fabrício também deletou as imagens, sempre guardando os prints, claro). #TodosChora

Bárbara e Pelota: beijinhos, agora, só no caózinho de estimação. Pelo menos por enquanto...

Bárbara e Pelota: beijinhos, agora, só no cãozinho de estimação. Pelo menos por enquanto…

Versão ficcional

Em nota oficial, a assessoria de Bárbara Evans diz que o namoro terminou por conta da distância entre ela e Fafá (mesmo com ponte-aérea de uma hora entre os “Rios”?). Sem assessoria, mas com amigos que desempenham muito bem esse papel, Fabrício confirma o motivo, embora pouca gente acredite… É dura a vida do trapezista sem romance famoso para comentar…

 

bannerfama

← ANTERIOR

PRÓXIMO →

1 Comentário

  1. fred

    Essa coca é fanta, em palavras riopretenses, Essa balada é Mixed!

Seu comentário, nossa alegria!