13886980_10206204428903650_6764079566893182204_n

Bernardo e a camisa com o nome de Neymar riscado: por mais crianças como ele. Obrigado. De nada. (Foto: Bruna Muraro/Reprodução)

A princípio, muita gente achou que se tratava de montagem. Um garoto que assistia à disputa de judô na Arena Carioca 2, nesta segunda (8), no Rio de Janeiro, usava uma camisa da seleção com o nome de Neymar riscado e, logo abaixo, o da jogadora Marta escrito, acompanhado de um coração vermelho.

O registro foi feito por Bruna Muraro, voluntária dos Jogos Olímpicos, e rapidamente ganhou as redes sociais. Bruna também fez um vídeo entrevistando o garoto, que se chama Bernardo. Desenvolto e muito bem articulado, o garoto falou sobre o respeito que sente pela seleção feminina de futebol e também por Marta.

“A seleção feminina ganhando todas é um símbolo do feminismo no Brasil”, comentou Bernardo no vídeo, acrescentando que Marta merece muito mais a camisa 10 de Neymar do que o próprio jogador”.

O vídeo em si, que segue bombando na internet, pode ser visto na timeline de Bruna Muraro (clique aqui). E quanto a Bernardo, o garoto segue como o favorito das redes sociais para ganhar a medalha de ouro do bom senso. É dura a vida do trapezista olímpico…

banner_planeta_rock