Raduan Nassar: de Pindorama para a galeria dos maiores escritores do mundo. (Foto: Divulgação)

Raduan Nassar: de Pindorama para a galeria dos maiores escritores do mundo. (Foto: Divulgação)

Não, dessa vez não é um rio-pretense, mas alguém que nasceu bem perto daqui, na pequena Pindorama (cerca de 80 km de Rio Preto). De quem estou falando? Do escritor Raduan Nassar, 80 anos, que acaba de ser indicado ao Man Booker International 2016, espécie de ‘Oscar’ da literatura mundial.

Raduan aparece na pré-lista de indicados com a obra “Um Copo de Cólera”, traduzida para o inglês – contra sua vontade – em janeiro deste ano. Os vencedores (autor e tradutor) serão revelados dia 16 de maio, durante gala dinner realizado em Londres, no Complexo Histórico de Guildhall.

Para os que acabam de acordar do berço esplêndido, Raduan também é autor do romance “Lavoura Arcaica” (talvez seu maior sucesso) e da coletânea de contos “Menina a Caminho”, totalizando apenas três livros publicados durante sua carreira de escritor – ofício do qual desistiu há 15 anos.

O pouco, mas rico acervo de obras, foi o suficiente para situar o escritor de Pindorama no hall dos melhores autores brasileiros, como Machado de Assis, Guimarães Rosa e Clarice Lispector. Tá bom pra você? Então faça figas. Porque é dura a vida do trapezista que nasce nos Alpes Canavieiros…