Rio Preto Shopping

#JáDeu: Corrida da Unimed gera polêmica e presidente da entidade faz desabafo: ‘Algumas pessoas olham apenas para seus próprios umbigos’…

Publicado dia 14 de novembro de 2017 às 10:27. Última atualização: 14 de novembro de 2017 às 10:27. 3 comentários.


Corrida noturna realizada pela Unimed RP: evento promoveu a saúde, mas teve gente que só viu desconforto. (Fotos: Vânia Pelegrini)

Já sabemos que o simples fato de viver, no sentido de respirar mesmo, tem sido motivo de incômodo para muitas pessoas, sobretudo para aquele nicho de mercado que se incomoda com a respiração alheia.

Tem também a turma que adora encontrar dente de coelho em boca de capivara. E tem, por fim, os Juízes do Tribunal Superior do Facebook, categoria que tem duelado, nos últimos dias, contra e a favor da Unimed Experience – evento promovido pela Unimed RP durante todo o dia do sábado (11).

A bordo de uma programação que oferecia caminhada, ciclismo, ‘cãominhada’, aulas de dança e corrida para crianças e adultos, o evento, para algumas pessoas, também ofereceu muita dor de cabeça e desconforto.

Oquei, até aqui nenhum problema, uma vez que todos devem ter resguardados seus direitos de ir, vir, falar e postar o que quiser. Mas gente, peralá, um dia inteiro de atividades físicas não pode ser motivo pra mimimi. Ou eu tô barroco e pode?

Pois foi o que aconteceu: a corrida noturna, último episódio da Unimed Experience, teria causado ‘altos danos’ a algumas pessoas que vivem no entorno da Avenida Bady Bassitt, onde a atividade se desenvolveu. Li algumas opiniões emitidas no Facebook, mas não dei conta de continuar. Fiquei cansado. Não suporto mais esse ritmo avassalador de polêmicas.

Também li o desabafo do presidente da Unimed RP, o urologista Miguel Zerati Filho, o qual transcrevo abaixo na íntegra, por concordar com ele em gênero, número e desapontamento. Teve barulho de bomba? Teve. Congestionamento e buzinaço? Teve. Mas também teve, sobretudo, saúde, confraternização e alegria. Aceita, brazeeel!

“A corrida noturna da Unimed, marco para a história de Rio Preto, foi exaustivamente planejada com autoridades, prefeitura e polícia. Algumas pessoas olham apenas para seus próprios umbigos e interesses, sem pensar no coletivo. Ou alguém pensa ingenuamente que corridas na região dos condomínios da Represa não dificultam o trânsito dos moradores? Seguramente, os críticos sabem como ficam as cidades de Nova Iorque, Berlim, Boston, etc, por ocasião de suas maratonas. Críticas por fogos de artíficio, barulho pela música, congestionamento nos arredores, etc, se tornam menores pelo reconhecimento dos participantes da maior corrida da história da cidade, pela satisfação das assessorias esportivas, geração de empregos e, principalmente geração de saúde. Um evento, realizado uma única vez ao ano, com duração de 17 horas, com caminhada para idosos, passeio de cães, provas de ciclismo, danças e corridas para crianças e adultos, teria mesmo que causar algum desconforto, principalmente aos que não participaram, ou não realizam nada em benefício da cidade ou da população”. 

Miguel Zerati Filho, presidente da Unimed RP (primeiro da esq. para a dir.) posa com a mulher e amigos antes da corrida.

← ANTERIOR

PRÓXIMO →

3 Comentários

  1. Vania

    Adorei o crédito da foto kkkk. Acho que vou mudar de área….ah bem mais fácil. Parabéns mais uma vez pela coerência do texto. Você é demais!!!

  2. Luciana

    Evento muito bem organizado e alegre. Entrou para o calendário de eventos da cidade. Todos os grandes eventos trazem algum desconforto: eventos musicais, sociais, rodeio, corridas, shows, manifestações. Precisamos todos exercitar a tolerância e a paciência. À Unimed, meus cumprimentos pela maior corrida de rua da cidade. Aos incomodados, minha compreensão e meu desejo de que no próximo ano o desconforto possa ser, de alguma forma, amenizado. Parabéns Beck pelo texto corajoso.

  3. Ana Regina Chinelato

    Moro na Juscelino. Achei o evento muito bem estruturado e organizado, apesar de não ter participado. Claro que o transtorno no trânsito seria nevitável, mas isso acontece uma vez no ano!!!! Gente, temos 364 dias sem essa corrida!!! PeloamordeDeus!!!!!

Seu comentário, nossa alegria!