Print da fanpage onde foi publicado o vídeo que gerou toda a polêmica.

Padre Fábio de Melo usou o Twitter nesta quinta (10) para esclarecer polêmica envolvendo seu nome e o do babalaô Ivanir dos Santos, representante de movimentos contra a intolerância religiosa.

O babalaô (sacerdote, entre os iorubás), notificou o padre pedindo que ele retire do ar o vídeo em que aparece celebrando uma missa e “tratando de forma desrespeitosa religiões de matriz africana”.

O material foi postado em uma fanpage que leva o nome do padre, no Facebook, onde possui mais de um milhão de seguidores. Além de se desculpar publicamente, Padre Fábio de Melo ligou para Ivanir dos Santos reforçando que repudia qualquer tipo de intolerância religiosa e marcando, para a próxima semana, um encontro com o babalaô a fim de visitar terreiros de candomblé e de umbanda.

Um dos posts de Padre Fábio de Melo no Twitter: “Perdoem-me”.