Imagem feita pela leitora Marta Mazzotta: indignação e lama coletiva...

Imagem feita pela leitora Marta Mazzotta: indignação e lama coletiva…

A barba do prefeito Val Lopes (PSB), presumo, já devia estar de molho quando os primeiros pingos de chuva começaram a cair na tarde desta segunda (2), Feriado de Finados. Mal sabia Val que a partir daí viraria meme nas principais redes sociais, onde dezenas de pessoas seguem compartilhando sua foto. Vem entender o motivo…

Tudo transcorria bem, famílias inteiras retornavam para casa e outras deixavam Rio Preto quando, nos 45 do segundo tempo, o sertão novamente virou mar na capital dos Alpes Canavieiros.

Chuva torrencial fechou com chave de barro o feriado que, até então, vinha de boas, suave na nave, como outro qualquer. E, diante da enxurrada de lama e destruição que dominou as principais avenidas da cidade, uma outra enxurrada escoou pelas redes sociais: a da indignação coletiva. 

Val Lopes: prefeito virou meme depois da inundação desta segunda-feira...

Val Lopes: prefeito virou meme depois da inundação desta segunda-feira…

Todo mundo querendo saber: “Que raios de obras antienchentes milionárias são essas que não conseguem frear a primeira chuva forte da estação?”

Sim, Finados abriu a temporada do “Circuito das Águas” em Rio Preto e o povo abriu a boca nas redes sociais. Geral se perguntando ‘que porra é essa’ de construção de piscinões que não funcionam (?); outros querendo saber ‘onde está o dinheiro’ investido nas obras que ainda não foram finalizadas (?)…

Enfim, um drama muito conhecido do rio-pretense, que teve de calçar novamente as galochas da revolta para desatolar o jumento das dúvidas. Enquanto perguntas eram feitas no Facebook, imagens de uma Rio Preto submersa alagavam o WhatsApp, de onde absorvi as fotos abaixo. Acompanhe, gire e emocione.

Rio Preto desmaiada: bastou a primeira chuva forte pra capivara ir pro brejo...

Rio Preto desmaiada: bastou a primeira chuva forte pra capivara ir pro brejo…

Nâo seria o momento de mudar o nome de Rio Preto para Rio Marrom?

Não seria o momento de mudar o nome de Rio Preto para Rio Marrom?

Meus óculos, ninguém sai!

Meus óculos, ninguém sai!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tô ficando atoladinha...

Tô ficando atoladinha…

Fortchy, neán? Pois é, seu José! E essas imagens tendem a se repetir, segundo especialistas e remadores de caiaque, caso a administração municipal não apresente cronograma urgente de mudanças, a fim de turbinar e finalizar as tais obras antienchentes que há meses congestionam Rio Preto e a paciência de Berenice Du Lar. Hashtag atoladinha… Gira.

Snapchateado

Mais cedo, quando o feriado começava lá na tarde de sexta (30) – e todo mundo tarra suuuper animado e cheio de expectativas -, a agenda de eventos prometia altas doses de animação. E teve!

Se não, vejamos: festa de aniversário na fazenda? Teve. Casamento fofo com padrinho desmaiado de tanto beber? Teve. Festa pras guei? Teve. Festa pros héteros? Teve. Festa pras guei e pros héteros ‘tudo junto’ e misturado? Também teve. Festa chique pros aristogatos e aristogatas? Teve em Ribeirão, no Haras Manoel Leão.

Também tivemos muuuitas viagens, tipo gente viajando para dentro e fora do País, contrariando o estatuto da crise e gastando os tubos por aí. Outros viajaram na maionese mesmo… Gira.

Festa do Haras em Ribeirão: Balada atraiu gente de todos os Alpes Canavieiros, pode reparar... (Foto: Reprodução/Instagram Guilherme Villela)

Festa do Haras em Ribeirão: Balada atraiu gente de todos os Alpes Canavieiros, pode reparar… (Foto: Reprodução/Instagram Guilherme Villela)

Agora vai, que você ainda precisa tirar o barro da calçada e limpar as galochas pros próximos episódios do ‘Circuito das Águas’. Ah, antes de ir, adicione a gente lá no Snapchat colunadobeck (assim mesmo, tudo junto e misturado, como as guei e os héteros) e acompanhe coberturas e loucuras full time.

Afinal, sem bom humor não conseguimos nem atravessar a enxurrada… É dura a vida do trapezista sem caiaque.