Pia Alonso, Miss Filipinas, desfila toda atarantada com a coroa depois de ela ser usada pela Miss Colômbia: confusão quebrou a internet na noite do domingo, 20. (Fotos: Ethan Miller/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP)

Pia Alonso, Miss Filipinas, desfila toda atarantada com a coroa depois de ela ser usada pela Miss Colômbia: confusão quebrou a internet na noite do domingo. (Fotos: Ethan Miller/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP)

E quando você pensa que já tinha visto de tudo em 2015, vem o concurso Miss Universo e decreta que a zueira, de fato, não tem fim.

Graças a Steve Harvey, mestre de cerimônias do evento (um ator, comediante e completo desconhecido da maioria do povo brasileiro que assistiu ao concurso), o Miss Universo 2015, que aconteceu na noite do domingo (20), em Las Vegas, EUA, lacrou o ano com uma lição que a gente já conhece, mas prefere esquecer: “A vida dá e a vida tira!” Gira.

Rebobinando a fita pra você que não viu o concurso pela TV nem acompanhou os comentários via Snapchat colunadobeck (corre que ainda dá tempo): o apresentador Steve Harvey cometeu aquela que já é a maior de todas as gafes da história do Miss Universo. Gira.

Cata o drama: na hora de revelar a vencedora entre Miss Colômbia, Ariadna Gutierrez, e Miss Filipinas, Pia Alonso Wurzbach, o cara errou e anunciou Miss Colômbia como a Miss Universo 2015. Gira.

Coroa na cabeça, buquê na mão e faixa à tiracolo, a colombiana foi pra galera. Quédizê, Ariadna desfilou lindamentchy como a mais bela do universo, emplacando o bicampeonato de seu País (a Miss Universo 2014 é a colombiana Paulina Vega). Significa? Àquela  altura do campeonato, os colombianos estavam todos nas ruas, mais felizes que os alemães quando nos brindaram com o 7 X 1. Gira.

Steve Harvey: já pode pedir visto de entrada pro Nepal...

Steve Harvey faz mea culpa e exibe papel com o resultado oficial: migo, ce tá loko?

Corta a festa e volta para o palco do Planet Hollywood, em Las Vegas, onde um Steve Harvey chateadíssimo retorna à cena, começa a gaguejar e revela, para cerca de dois bilhões de telespectadores around the world, que havia se confundido e lido o resultado errado.

“Peço perdão a todos e assumo que cometi um erro tremendo: a Miss Universo 2015 é a Miss Filipinas, e a segunda colocada é a Miss Colômbia. A culpa é toda minha”, justificou por três vezes o apresentador. Gira.

Antes de a gafe ser revelada, Miss Colômbia dá um alô pros manos colombianos: "Chupa esse bicampeonato, mundo!" #SQN...

Antes de a gafe ser revelada, Miss Colômbia dá um alô pros manos colombianos: “Chupa esse bicampeonato, mundo!” #SQN…

Amparada por Miss EUA, Olivia Jordan, que ficou em terceiro lugar, a Miss Filipinas cambaleou – tipo a gente quando está voltando do after ou da prova do Enem, sabe? – e foi até a ponta do palco, onde Miss Colômbia já se encontrava igualmente paralisada.

Aliás, geral paralisou. Eu paralisei no sofá, Berenice paralisou na laje, o mundo paralisou diante da TV. As cenas que se seguiram foram de completo constrangimento e indignação, como mostram as fotos que ilustram este post e a lição nele embutida: “A vida dá e a vida tira”.

Ah, quanto à Miss Brasil, a gaúcha Marthina Brandt, a gata não passou do top 15. Ainda bem, porque se me acontece algo parecido com a brasileira, uma gafe pavorosa dessas, aí sim a gente desencarnava no ambulatório da má notícia mundial. Sim, é duríssima a vida do trapezista que ganha e perde na mesma noite…

063_502140162

Devolve a-go-ra essa coroa, queridjinha…

063_502140142

Cara e pensamento da Miss Colômbia: “Queria estar morta!”

Colar de beijos para vocês…