Ana Ceze e Alexandre Badaró: vida lonha ao Nhô Botequim. (Foto: Ricardo Boni)

Ana Ceze e Alexandre Badaró: vida longa ao Nhô Botequim. (Foto: Ricardo Boni)

Como diz Berenice, a sábia da laje, tem fim de semana que não rola nada, em outros, como este que você rebobina agora, “rola de um tudo”… Gira e aceita, porque o post tá babadeiro.

Começamos na sexta (10), com a despedida de Alexandre ‘Badaró’ e Ana Ceze do Nhô Botequim. Sim, o casal (na foto acima todo serelepe) passou definitivamente o ponto para essa rapaziada AQUI.  Agora, Ana e Badaró seguem se dedicando exclusivamente aos produtos gastronômicos da linha Nhô.

E, com exceção dos novos proprietários, nada mais muda no bar (só para responder a quem me perguntou se o cardápio continuaria o mesmo). Gira e aceita.

Suave na nave

Do Nhô pro Club Santa, fui conferir a noite eletrônica da boate com os DJs residentes Otávio Zanluqui e João Paulo Muniz. Diferentemente das noites sertanejas e de “Relaxo”, que rolam sempre aos sábados, a “Sexta Santa” oferece outra vibe, claro, e o que é melhor: mais espaço para circular.

O som dos meninos também é bom, sem aquele ‘bate-estaca’ repetitivo que fica zunindo na cabeça como uma caixa de marimbondos alucinados. Gira e aceita.

Noite eletrônica no Club Santa: mais espaço e música boa. (Foto: Douglas Lopes)

Noite eletrônica no Club Santa: mais espaço e música boa. (Foto: Douglas Lopes)

Suani us mamilo

Corta para o sábado (11). Agora pensa num dia abarrotado de eventos e quente bagarai. Tivemos “Chico na Rua” (na rua lateral ao Bar Chico Barrigudo), “Buteko Folia” (na Sociedade de Medicina e Cirurgia de Rio Preto) e “Beach Garden” (no Espaço Algodoeira).

Ou seja: galera se dividiu legal e todo mundo ficou melado do mesmo jeito. Mas ambos os eventos tiveram público e saldo positivo. Único senão: com tanto suor escorrendo pela testa, todas as chapinhas ficaram crespas. Mas a chuva que caiu das 21h às 23h se encarregou de nivelar as diferenças. No final, gatas e gatos voltaram para a casa de banho tomado. Gira e aceita.

Geovanne Souza e Leandro Freitas Colturato na Sociedade de Medicina e Cirurgia de Rio Preto: festa beneficente.

Geovanne Souza e Leandro Freitas Colturato na Sociedade de Medicina e Cirurgia de Rio Preto: festa beneficente. (Foto: Reprodução/Facebook).

Grita que eu gamo

Muita gente (mas muita gente mesmo, de acordo com postagens no Instagram) também aproveitou o sábado para ver “Cinquenta Tons Mais Escuros” (ui!), segundo filme da trilogia iniciada em “Cinquenta Tons de Cinza”, baseado no livro homônimo de E.L. James.

É, meu bem,  tá achando que chicote e algema são coisas só de cinema? Né, não… Tem muito casal por aí deixando a Anastasia e o Christian na pré-escola quando o assunto é sadismo entre quatro paredes. Na dúvida, pergunte a Berenice Du Lar o que ela ouviu no escurinho do cinema… Gira e aceita. Mas sem bater, por favor…

Anastasia (Dakota Johnson) e Christian (Jamie Dornan): casal de "Cinquenta Tons Mais Escuros" está inspirando geral... (Foto: Divulgação)

Anastasia (Dakota Johnson) e Christian (Jamie Dornan): casal de “Cinquenta Tons Mais Escuros” está inspirando geral… (Foto: Divulgação).

Hello

E o domingo (12) foi dos #Grammys. A maior premiação da música mundial, que rolou em Los Angeles, deixou claro que nem sempre a diva que você respeita é a que mais ganha ‘gramofones de ouro’.

Sim, bee, aceita: Beyoncé lacrou a noite com sua performance “uma deusa, uma louca, uma feiticeira” e, claro, com seu barrigão maravilhoso de gêmeos. Mas foi Adele quem voltou pra casa com os prêmios de “Melhor Álbum do Ano”, Melhor Canção do Ano” e “Melhor Gravação do Ano”.

Beyoncé, os gêmeos e a cadeira que balança mas não cai: performance lacradora no Grammy 2017. (foto: Divulgação)

Beyoncé, os gêmeos e a cadeira que balança mas não cai: performance lacradora no Grammy 2017. (Foto: Divulgação)

Adele levou ainda os Grammys de “Melhor Performance Pop” e “Melhor Álbum Pop Vocal”, tornando-se a primeira artista da história a alcançar a vitória nas três categorias principais pela segunda vez. No total, a cantora britânica voltou para casa com cinco Grammys, enquanto ‘queen B’. abiscoitou dois (“Melhor Álbum Urbano” e “Melhor Videoclip”).

Ou seja: o suficiente para iniciar uma guerra de memes lá no Twitter entre os fãs das duas bonitas. Aceita e gira. Abaixo, a música do ano para você começar a segunda-feira ‘adelando’… É dura a vida do trapezista de olho em tudo!