Jorge Vermelho em cena com a Companhia Azul celeste: história será contada no Riopreto Shopping a partir desta sexta. (Foto: Lenise Pinheiro)

Jorge Vermelho em cena: ator e diretor rio-pretense entra em cartaz no Riopreto Shopping a partir desta sexta. (Foto: Lenise Pinheiro)

Entre os dias 15 e 31 de julho, o Riopreto Shopping recebe a exposição “A Cena Azul Celeste”, com imagens, figurinos e troféus que resgatam a trajetória artística da Companhia Azul Celeste, criada em 1989 por Jorge Vermelho e Cássio Ibrahim.

Além da mostra, serão realizadas diversas atividades formativas e apresentações com a participação de profissionais convidados. A exposição traz uma rica retrospectiva sobre os 27 anos de história da companhia, reconhecida como um dos principais coletivos teatrais do Brasil e que coloca Rio Preto como uma referência na produção das artes cênicas.

O lançamento será realizado às 20h desta sexta-feira (15), na Praça 1 de Eventos. Durante os 17 dias de mostra, os visitantes conhecerão os processos criativos realizados ao longo da trajetória da Companhia Azul Celeste e terão contato com diversos profissionais ligados ao teatro, que farão rodas de conversas sobre temas como figurino, fotografia, direção e interpretação.

Todos os dias, haverá uma atividade diferente. Além dos bate-papos, intervenções e oficinas fazem parte da programação totalmente gratuita.

Jorge Vermelho: ator e diretor levao ao Riopreto Shopping a história da Companhia Azul celeste. (Foto: Reprodução/Facebook)

Jorge Vermelho: “Fico mais pleno em cpoder contar essa história…” (Foto: Reprodução/Facebook)

De acordo com o ator e diretor Jorge Vermelho, o objetivo da exposição é homenagear a trajetória e contar a história da companhia, que já montou 28 espetáculos e conquistou mais de 300 prêmios nacionais de teatro. “A sensação de ter escrito uma página na história da cidade e do teatro me deixa mais pleno. Diante de tanta crueza e tanto abismo que vivenciamos no dia a dia, o teatro é um oásis onde conseguimos ao menos respirar uma forma criativa e positiva diante do mundo”, observa.

A Companhia Azul Celeste desenvolve pesquisas sobre a dramaturgia brasileira contemporânea e busca o aprimoramento técnico e teórico de seus integrantes por meio de encontros, leituras, debates e seminários. A exposição fica aberta à visitação nos horários de funcionamento do shopping. A seguir, a programação completa para você não bocejar. É dura a vida do trapezista cult…

15/7 – Sexta às 20h – Abertura com coquetel.

16/7 – Sábado às 16h – Micro oficina de Jogos Teatrais – Jorge Vermelho.

17/7 – Domingo às 16h – Micro oficina de Jogos Teatrais – Marina Rico.

17/7 – Domingo às 17h30 – Intervenção artística – MUNDOMUDO.

20/7 – Quarta-feira às 20h – Roda de Conversa – A cena teatral contemporânea – Georgette Fadel.

21/7 – Quinta-feira às 18h30 – Intervenção artística – A ver estrelas.

21/7 – Quinta-feira às 19h – Micro oficina de Jogos Teatrais – Henrique Nerys.

21/7 – Quinta-feira às 20h – Roda de conversa – Fotografia de palco – Jorge Etecheber e Convidados.

22/7 – Sexta-feira às 20h – Roda de Conversa – O papel do ator no teatro – Cacá Carvalho.

23/7 – Sábado às 14h – Intervenção artística – MUNDOMUDO.

23/7 – Sábado às 16h – Micro oficina de Jogos Teatrais – Beta Cunha.

24/7 – Domingo às 16h – Micro oficina de Jogos Teatrais – Henrique Nerys.

24/7 – Domingo às 17h30 – Intervenção artística – A ver estrelas.

27/7 – Quarta-feira às 20h – Roda de Conversa – O figurino no teatro – Linaldo Telles.

28/7 – Quinta-feira às 20h – Roda de conversa – A música no teatro – Raphael Pagliuso Neto e Convidados.

29/7 – Sexta-feira às 20h – Roda de conversa – A intersecção entre dança e teatro – Alexandre Manchini Jr., Angélica Zignani e Andrea Capelli.

30/7 – Sábado às 16h – Micro oficina de Jogos Teatrais – Alexandre Manchini Jr.

31/7 – Domingo às 19h – Apresentação do espetáculo MUNDOMUDO.

banner_planeta_rock_modelo_3_todas_as_bandas