Célia Diniz durante entrevista ao programa "Encontro com Fátima": palestrante se apresenta em Rio Preto dia 31 de agosto. (Foto: Reprodução/GShow)

Célia Diniz durante entrevista ao programa “Encontro com Fátima”: palestrante se apresenta em Rio Preto nesta quarta. (Foto: Reprodução/GShow)

Uma das personagens reais que inspiraram o best-seller e o filme “As Mães de Chico Xavier” (2011) vem a Rio Preto nesta quarta (31), quando realiza palestra, às 20h, na Associação Espírita Allan Kardec.

Trata-se de Célia Diniz, ex-professora de Química que conviveu com o Chico Xavier em Pedro Leopoldo (MG), onde ela reside até hoje. O primeiro contato com o médium  se deu ainda na infância, mas se fortaleceu depois que Célia perdeu o filho Rangel, o Tetéo, com três anos.

A história da mineira, hoje palestrante e diretora do Centro Espírita Luiz Gonzaga (fundado por Chico), é vivida no filme pela atriz Vanessa Gerbelli. Em linhas gerais, a experiência de Célia com o médium de Pedro Leopoldo retratada no longa e no livro, começa quando ela procura Chico com o objetivo de receber, através dele, uma carta do filho.

Vanessa Gerbelli vive a história de Célia Diniz no filme "As Mães de Chico Xavier". (Foto: Divulgação)

Vanessa Gerbelli vive a história de Célia Diniz no filme “As Mães de Chico Xavier”. (Foto: Divulgação)

O contato deu certo e apontou uma raridade que chamou a atenção do roteirista Emmanuel Nogueira: “Eles consideraram interessante o meu caso por ter sido uma criança a enviar aquela mensagem. O próprio Chico, quando psicografou a carta do meu filho, me pediu autorização para publicá-la em livros porque era muito raro uma criança naquela idade se comunicar”, conta Célia no livro.

De lá para cá, Célia Diniz, que perderia também a filha Mariana, 23 anos depois de Tetéo, encontrou na Doutrina Espírita o bálsamo para aplacar sua dor e a das mães que vivem histórias semelhantes. E é justamente este o tema, “Vencendo a Dor da Morte”, o ponto de partida da palestra que a mineira e conterrânea de Chico realiza no ‘Allan Kardec’, em Rio Preto, nesta noite. Roda e avisa.

É dura a vida do trapezista com saudades…

Banner Site Coluna Beck 728x90px