Maikon K durante performance no FIT Rio Preto. (Foto: Divulgação)

O corte foi superficial e ocorreu de forma acidental, mas assustou o público que assistia à performance “O Ânus Solar”, protagonizada pelo artista Maikon K, neste domingo (8), no FIT Rio Preto.

Considerado um dos principais nomes da performance brasileira atual, Maikon manipulava uma motosserra em cima de uma cama quando o acidente aconteceu, em um dos auditórios do Complexo Swift.

Mas nem o sangue que escorria e o susto coletivo fizeram com que o artista interrompesse a performance, que durou cerca de uma hora. Os bombeiros presentes ao espetáculo socorreram o artista, amarrando uma faixa e estancando o sangramento.

Após o término da apresentação, Maikon K foi levado para um hospital de Rio Preto e se manifestou em sua página no Facebook: “Gente, estou bem. O corte foi superficial, fui muito bem atendido pelos médicos e levei alguns pontos. Não se preocupem”, postou.

Em nota, a organização do FIT Rio Preto reafirmou o bom estado de saúde do artista, informando que ele foi “prontamente atendido pela equipe de socorristas do festival, presente no local”. A organização também ressaltou que a decisão de continuar o espetáculo após o acidente foi uma decisão do próprio artista.

Em 2017, o artista paranaense foi preso pela Polícia Militar do Distrito Federal durante uma performance em que ficava nu dentro de uma bolha (foto abaixo), realizada na ocasião em frente ao Museu da República, no Festival Sesc Palco Giratório.

O artista durante performance em que foi preso, no ano passado, em Brasília.