Produtos originais da cultura goiana estão em cartaz no Riopreto Shopping até domingo. (Fotos: Ricardo Boni)

Produtos originais da cultura goiana estão em cartaz no Riopreto Shopping até domingo. (Fotos: Ricardo Boni)

Pelo terceiro ano consecutivo, o Riopreto Shopping abre espaço para o Sebrae do Estado de Goiás mostrar toda a riqueza da cultura goiana.

Denominada “Exposição de Artesanato e Cachaça do Estado de Goiás”, a edição deste ano segue em cartaz no centro de compras até domingo (7), na Praça 1 de Eventos.

A mostra, uma das mais vistas do período, obedece aos horário de funcionamento do shopping: de terça a sábado, das 10h às 22h; e no domingo, das 12h às 20h.

Expositora Maria de Fátima Dutra Bastos, a Fatinha Olhos D'Água,

Expositora Maria de Fátima Dutra Bastos, a Fatinha Olhos D’Água, mostra itens confeccionados com cristais de Cristalina (GO).

Além das tradicionais cachaças do Estado, o Sebrae também apresenta os Cristais de Cristalina, as Fibras de Alexânia e Olhos D’água, as Pratas Artesanais de Pirenópolis, a Cerâmica de Ipameri, as Esculturas do Cotidiano Goiano de Cerâmica da Cidade de Aparecida de Goiânia, as Emas de Capim de Alexânia e a Cachaça de vários associados da Associação de Cachaça do Estado de Goiás.

Miniaturas do tradicional casario de Goiás também faz parte da exposição.

Miniaturas do tradicional casario de Goiás também faz parte da exposição.

Conheça mais detalhes das atrações da Exposição:

Cachaça de Goiás – A cachaça produzida artesanalmente em Goiás, é reconhecida por ser  um produto especial e artesanal de tradição regional e familiar com os princípios e qualidade e com toda experiência de  alambique. Justamente pensando na qualidade da bebida produzida artesanalmente em Goiás, que foi criado o Selo: Cachaça de Goiás – Paixão de Alambique. O presidente da AGOPCAL – Associação Goiana de Produtores de Cachaça de Alambique,  Luiz Manteiga Álvares de Campos, estará na exposição para conversar com o público sobre a história das cachaças de Goiás.

Objetos variados, todos ricos em detalhes, evidenciam o trato artesanal do escultores.

Objetos e esculturas variadas, todas ricas em detalhes, evidenciam o trato artesanal do escultores.

Cerâmica de Ipameri: artesanato produzido pela ONG – Instituição para Adolescentes de Baixa Renda. A representante da ONG Solni Inácio estará no evento.

Fibras de Olhos D’água: produção de Maria de Fátima Dutra Bastos que trabalho desde criança quando fazia suas bonecas de palha. Pesquisa fibra de bananeira e palha de milho, estuda e procura as cores originais da palha. Ganhou três prêmios Top 100 Sebrae. Atualmente está produzindo uma imagem de Maria com o menino Jesus, de aproximadamente 80 centímetros, feita de palha de milho e palha de banana,  com aproximadamente 80 cm, para o Bispo de Brasília presentear o papa, durante sua visita.

Expositora Ivanilde Reis

Expositora Ivanilde Reis e peças feitas com as fibras de Alexânia (GO).

Fibras de Alexânia: Ivanilde  e Maria Abadia estarão com este tipo de artesanato com trabalho com folhas e cascas do serrado..

Cristais de Cristalina: Geraldo Tristão trará o artesanato em pedras naturais do mundo todo. A cidade de Cristalina é a maior reserva de cristais do mundo.

Pratas Artesanais de Pirenópolis: a artesã Delma de Melo produz peças artesanais com prata com os adornos da arquitetura centenária de  Pirenópolis.

Pra quem gosta de cultura, melhor opção não há. Sem falar que a exposição é rica em itens que a gente só vai ver novamente se for pra Goiás. Sim, é dura a vida do trapezista lúdico…

A exposição permanece até domingo. Só vem...

A exposição permanece até domingo. Só vem…