Marcella Portella e Cacaco Cunha: nove anos de Boemia Butiquim. (Foto: Ricardo Boni)

Marcella Portella e Cacaco Cunha: nove anos de Boemia Butiquim. (Foto: Ricardo Boni)

Um dos bares mais bacanas e tradicionais de Rio Preto, o Boemia Butiquim, celebra nesta semana (de 17 a 22), nove anos de muita boemia, claro..

Localizado no coração do Bairro Boa Vista, no cruzamento da Rua Saldanha Marinho com a Avenida Constituição, o Boemia foi inaugurado em 25 de abril de 2008, e desde então, passam semanalmente pelo estabelecimento aproximadamente 1, 5 mil pessoas – todas fãs de boa música, petiscos de boteco e, naturalmente, cerveja gelada.

Desde seu primeiro dia de funcionamento a casa trabalha com música ao vivo – programação feita majoritariamente por artistas locais. Nesses nove anos, relembra Cacaco Cunha, proprietário da casa,  “já foram mais de 2500 apresentações”.

Palco do bar funciona como vitrine para artistas de Rio Preto e de toda a região. (Fotos: Reprodução/Facebook)

Palco do bar funciona como vitrine para artistas de Rio Preto e de toda a região. (Fotos: Reprodução/Facebook)

“O Boemia já virou referência em Rio Preto. Diversas bandas fizeram a sua primeira apresentação no bar e hoje em dia fazem muito sucesso por toda a região”, conta Cacaco, feliz da vida.

Nesse ritmo de festa, Marcella Portella, esposa e sócia de Cacaco, acrescenta que foi justamente por conta de dar oportunidade às novas bandas que ela e o marido criaram o projeto “Estúdio Boemia”, o qual oferece a artistas e bandas que nunca se apresentaram em público, a possibilidade de fazê-lo.

“O Estúdio Boemia acontece sempre aos sábados, das 18h às 20h, com agendamento prévio. Já recebemos várias bandas que fazem sucesso na região, mas nunca haviam se apresentado em Rio Preto. É uma forma de mostrarem seu trabalho e fecharem contratos por aqui”, explica Marcella.

Berço artístico

Para Cacaco, o projeto representa bem mais que apenas uma oportunidade. “Por sermos berço artístico de vários músicos da cidade e da região e por amarmos boa música, o projeto funciona mais como uma homenagem aos artistas e também como presente aos nossos clientes”, resume, informando que o “Estúdio Boemia” acaba de virar um CD com o melhor desses nove anos do bar.

CD será um presente ao público frequentador da casa.

CD será um presente ao público frequentador da casa.

“Trata-se de uma coletâneas das músicas mais tocadas e adoradas por nossos clientes, além de reunir também músicas autorais de bandas que aqui se apresentam com frequência”, acrescenta Cacaco.

Foram produzidas mil cópias do CD, que traz músicas variadas de rock nacional e internacional, e também 14 faixas de artistas e bandas da cidade. “Este CD deixa claro a vocação do Boemia Butiquim para fomentar a cultura e entretenimento em Rio Preto e região”.

Além do CD, o bar tem mais presentes para o público durante esta semana. Até sábado (22), inúmeros artistas se apresentarão na casa em clima de confraternização musical. Um deles, Zac Mônico, da banda Duzac, confirma a importância do Boemia na vida do grupo musical: “Significa muito para mim tocar no Boemia. Até porque, vamos combinar, a primeira oportunidade a gente jamais esquece”, sintetiza o rapaz, para quem a história da banda se confunde um pouco com a do próprio bar.

Gratidão

Walter Polleti, guitarrista da banda Psicodella, é outro músico que não economiza nos elogios ao bar. “Fazer show no Boemia é como estar numa vitrine: aumenta as perspectivas da banda no cenário rio-pretense, além de atingirmos um público seleto e exigente”, celebra.

Nasal Rock Trio se apresent

Nasal Rock Trio se apresenta nesta quarta.

Tanto para Polleti quanto para Zac, ter canções autorais em um CD lançado pelo bar só exalta o trabalho de quem, como eles, atuam como artistas na noite. “A iniciativa de produzir um CD é ímpar. O Cacaco é um dos maiores apoiadores do rock regional. Para nós, da Psicodella, será uma porta a mais para a divulgação de nosso novo clipe, lançado recentemente”, pontua Polleti.

Abaixo, a programação do Boemia Butiquim para celebrar os nove anos da casa:

Terça (18) – Show com Adriano & Freitas Rock Band + participação de João Fábio & Rodrigo Braida (couvert artístico R$ 8).

Quarta (19) – Show com Nasal Rock Trio + participação especial de André Madi & Fernando Negão (couvert artístico R$ 8).

Quinta (20) – Show com banda Mandioca´s Scarface + Zac Mônico e Caio Lobo (couvert artístico R$ 10).

Mandioca´s Scarface.

Mandioca´s Scarface.

Sexta (21) – Show com as bandas Lier e Psicodella (couvert artístico R$ 10).

Sábado (22) – Show com as bandas Caco de Telha e Os Federais (couvert artístico R$ 10).

É dura a vida o trapezista em semana de festa…